Professor: difusor de cultura

Neste vídeo do projeto Produção Cultural no Brasil, o produtor cultural, exibidor e distribuidor Adhemar Oliveira fala sobre o papel do programador de cinema, que propõe ideias que podem ou não dar certo, tanto na área criativa quanto na distribuição.

Ele também fala sobre a possibilidade de um parque exibidor no Brasil, defende que o sonho de cada cidade ter o seu cinema é possível e conta a história do Clube do Professor, projeto desenvolvido em diversas cidades, que promove exibição gratuita de filmes aos docentes. “O professor pode ser um repetidor de cultura. (…) O que a gente quer é que o professor esteja tantas vezes à frente de um brasileiro médio, porque assim a repercussão pra baixo vai ser imediata”, diz.

O projeto Produção Cultural no Brasil é uma realização da Casa da Cultura Digital e da Secretaria de Políticas Culturais do Ministério da Cultura, com orçamento obtido via Cinemateca Brasileira e Sociedade Amigos da Cinemateca (SAC). A execução é responsabilidade da Beijo Técnico Produções Artísticas, Garapa Coletivo Multimídia e FLi Multimídia, em parceria com a Azougue Editorial.

Fonte: Site Cultura e Mercado

*Material licenciado em Creative Commons (licença CC BY SA).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s